domingo, 16 de março de 2014

Parando pra pensar parece pouco. Deitando pra dormir parece tanto.


Sinto um aperto no peito, uma vontade de estar perto novamente...
As vezes parece insuportável, parece que vai explodir no peito...
Um dia, em relação ao mês, parece pouco, um dia sem você parece muito...
Dói muito, mas não é aquela dolorida, é aquela sufocante, maltratante...
Agora sei o quanto é importante esbarrar nossos olhares pela casa...
De agora em diante, se eu puder abraçar, beijar, sentir, olhar...
Estarei fazendo isso constantemente, pois não quero mais sentir...
Sentimento de "recordação melancólica de pessoa ausente, distante".

2 comentários:

  1. "Que linda a mensagem do seu blog. Me emociono em ver um jovem mais seco, se tornar aquele romantico carente, q me conquistou totalmente ha um pouco mais de 10 anos atras....Ao ler a mensagem, me deparei c o palpitar do meu coracao a mil como no nosso primeiro beijo e na primeira declaracao de amor q eu fiz a vc, qdo eu sussurrei em seu ouvido EU TE AMO...."

    ResponderExcluir