sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O horário de inverno.

A verdade é que eu nunca gostei deste tal de "horário de verão". E sempre em seu término é divulgado relatórios sobre a economia de energia elétrica alcançada nos estados que seguem o referido horário.

Hoje, uma frase se tornou em melodia para os meus ouvidos: "Amanhã à meia noite, termina o horário de verão."
Nem acredito que logo estará voltando o horário normal... Foi depois de ouvir a adorável frase; que lembrei-me de um caso que não aconteceu comigo, mas que refletiu diretamente à mim.

Em 2003 tínhamos na empresa como chefe, uma pessoa bastante séria, de pouca conversa e de semblante sisudo. Era o gerente que todo mundo tinha medo de perguntar algo para ele, embora educado para conversar, não media as palavras na hora de responder.

O tal horário de verão iria começar à meia noite daquele dia e lembro-me que deveríamos estar em serviço às 06:00 hs da manhã, pois se tratava de uma empresa que funcionava todos os dias, era um posto de combustíveis. Nisto o gerente relembrou aos dois funcionários que trabalhariam no dia seguinte sobre a mudança no horário e exigiu que não chegássemos atrasados por causa da diferença de uma hora no relógio de ponto da empresa. Nem preciso dizer que os dois funcionários citados aqui eram Cléber e eu.

Às cinco horas da manhã eu me levantei, tomei o café da madrugada e vesti o uniforme; saí de casa rumo ao trabalho estranhando aquela escuridão e sentindo um pouco de frio. Sempre estranhamos.
Cheguei no posto, fiz a conferência e quando foi por volta de 06:00 hs o vigilante despediu-se, indo embora descansar, apesar de tirar umas sonecas intercaladas na madrugada.

Quase 06:30 hs, atendendo um cliente aqui, outro alí... Cadê o Cléber?
O relógio estava marcando 07:00 hs e o telefone tocou.
Pensei: "Deve ser o atrasado"...
_Jefferson, bom dia, está tudo bem aí? _Perguntou o gerente.
_Está sim... _Respondi sentindo gelar a espinha.
_Qualquer coisa eu passo aí mais tarde. _Já foi despedindo e desligando.
O gerente tinha uma voz bem grave e de manhã então; ganhava do Cid Moreira. Mas a minha preocupação maior estava no meu colega de serviço que com certeza estaria chegando a qualquer momento. Minhas expectativas naufragaram quando passou uns vinte minutos depois da ligação. O gerente acabava de chegar no posto, e nada do atrasado Cléber.

Para nossa "sorte" o gerente morava à cinco minutos dali, então não custava nada ele passar pelo posto antes de ir ao supermercado, padaria ou coisa parecida. Ele me questionou sobre o dorminhoco que não havia chegado e eu disse que não sabia de nada ainda, tentei aliviar dizendo que o movimento no posto estava fraco... Para o azar do esquecido, o gerente resolveu ficar ali, batendo um papo forçado até a chegada do segundo funcionário.

Precisamente às 08:00 hs da manhã, vejo Cléber atravessando a rua calmamente como se estivesse no País das Maravilhas. Percebo que ele vê de longe o gerente encostado na parede e olhando sério para ele, naquela hora dei dois passos para trás e esperei o Cléber ser brutalmente... Desculpe! É que empolguei ao relembrar do "medão" que tínhamos dele. Mas veja o que aconteceu na verdade, segundo as explicações do próprio Cléber: "Uai! Agora que é 06:00 hs!!!"
Depois de uma breve explicação, o homem sério, de poucas palavras e semblante sisudo, deu algumas gargalhadas e eu não me contive com o relato e ri também.

Cléber; no sábado que antecedia o horário de verão; ao invés de adiantar o relógio em uma hora; atrasou em uma hora. Quando à meia noite; o relógio de todos foram para 01:00 da madrugada; o relógio dele foi o único que marcava 23:00 hs. Este deveria chamar, horário de inverno, de primavera, outono... menos de verão. Pela primeira vez alguém chega atrasado precisamente 2 horas exatas no trabalho e não precisa voltar para casa. Fui testemunha ocular deste caso. Muito tempo passou, este colega mudo-se de Minas Gerais e mesmo assim eu não esqueço dele; do seu atraso; dos risos do gerente; e o principal: que no horário de verão, adianta-se o relógio em uma hora.

Um comentário:

  1. kkkk... olha em se falando de atrasos eu sei muito bem, não é para me gabar, mas sou ninja. Enquanto essa tal aê é Ninja Sayajin Supremo Sr. Kaiô... kkkkk.

    Goku - Planeta Nameke

    ResponderExcluir