sábado, 19 de novembro de 2011

Dicas para comprar um Fiat 147 - Final.


O próximo passo que se dá no processo arriscado de possuir um Fiat 147 é conversar antecipadamente com um mecânico de sua confiança. Combine com ele para que o carro seja profundamente observado quanto ao funcionamento do motor e outras coisas mais.
Não é tão simples assim; dar uma partida, acelerar e diagnosticar se o motor está falhando, batendo, fumando, rajando, rezando...
O mecânico precisa verificar bem, afinal um serviço de motor completamente refeito não ficará por menos de R$2.000,00.

Se tudo estiver em ordem, aproveite para levar o carro em um bom funileiro, que conheça bem a estrutura deste carro, na maioria dos casos este veículo apresenta algum tipo de trinca no "chifrão"; e segundo todos os possuidores deste carro, se isto chegar a quebrar: Já era!
O funileiro precisa constatar bom estado de conservação na estrutura e na lataria em geral; sabemos que este veículo possui vários pontos suscetíveis a corrosão (podrões), porém existe casos em que um bom reparo resolve. Abaixo um exemplo de ótimo estado de conservação de um 147. Verifique exatamente nesta localização se algo está comprometido. Insista com o profissional e observe como está as condições.
Advirto mais uma vez: Se o problema for na estrutura, desista do carro!
Caso o carro seja aprovado pelo seu mecânico e um funileiro de confiança, resta apenas conferir a documentação. Caso deseje, pode ir direto a um despachante para que possa ser feito os procedimentos de transferência; lá você saberá se o veículo está com os impostos em dia e se não há multas.

Importante: Nunca adquira um veículo baseado unicamente na sua empolgação por se tratar de um carro que você sempre desejou há anos. Tenha calma na hora de negociar, mas não saia por aí tentando comprar carro a preço de banana só porque tem uns trocados no bolso. Negocie, avalie, verifique, teste, pense bem e depois é só desembolsar o valor e passear no tão sonhado carrinho.

Conheço dois proprietários que tem seus respectivos Fiat 147. São os únicos donos e não tem a mínima intenção de vendê-los. Já até tentei aos poucos entrar neste assunto com eles... A resposta sempre foi: NÃO!
É assim mesmo, paixão é paixão... No dia em que minha vontade de ter um 147 despertar do sono profundo;   irei diretamente em um desses dois proprietários, caso contrário será uma procura de agulha no palheiro.
Termino esta postagem de "Dicas para comprar um Fiat 147" com a exibição de uma página de uma revista que estava há algum tempo salvo no computador. Não me lembro bem da origem da imagem, porém agradeço a quem postou isto pela primeira vez. Boa sorte aos caçadores de sonhos! 

Um comentário:

  1. Olá Jefferson!
    Cara, ontem eu vi um fiat 147 branquinho, original, eu não acredito que aquele carro ainda não é placa preta. Se você pudesse contemplar o 147 que eu vi com meus próprios olhos, ficaria como eu "inacreditando". Tem gente que cuida mesmo.
    Depois dá uma passada lá em:
    www.legitimoruela.blogspot.com

    ResponderExcluir