quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Dicas para comprar um Fiat 147 - 2ª parte.

Interior do meu 147.
Depois que pesquisamos, andamos, suamos e encontramos o tão procurado Fiat 147, chegou a hora de verificar o que olhar...
Já olhamos por fora e agora falaremos do interior. Esta parte  não tem muito segredo, tudo está muito nítido; no momento em que você abrir a porta para olhar o interior, estará ali na cara, ou é, ou não é!

Verificando o interior.
Aqui é bem simples mesmo, dê aquela olhada geral, tenha uma vista ampla e de imediato já vai saber se você mesmo gostou ou não. Comece verificando o painel, se possui trincados ou rachaduras; se tiver pequenas trincas pode ser que o carro ficou bastante tempo exposto ao sol e se tiver rachaduras maiores pode ser que sofreu algum tipo de colisão mais violenta.

O volante não pode ter folga e deve ser leve ao girar, mesmo com o carro parado (depois que você comprar evite girar o volante com o veículo estacionado), balance o volante para encontrar alguma folga maior.
O painel de instrumentos deverá estar 100% funcionando (afinal, está comprando um carro e vai pagar por ele), verifique limpadores de para-brisa, luzes de lanterna, farol, seta, luz de freio, luz do painel, velocímetro e marcadores de temperatura e combustível.
Pise na embreagem e coloque o carro em ponto morto, aproveite e confira se o freio de mão funciona.
Ao desengatar o carro (se o freio de mão funcionar) tente engatar 1ª, 2ª, 3ª e 4ª marcha. Elas devem ser bem precisas no momento em que forçar a alavanca do câmbio. Sobre o fato de ser difícil engatar alguma marcha com o 147 em movimento é outro assunto...

Se você não precisou colocar um tijolo atrás da roda e o carro não desceu ladeira abaixo, sente-se no banco do passageiro e no banco de trás também. Verifique se os bancos estão bem fixados na estrutura, olhe também o forro do teto, se não possui rasgados ou se estão muito danificados; e confira o forro das laterais.

O forro dos bancos é algo muito nítido, seu estado de conservação irá revelar na primeira olhada. Outra dica aproveitando que você está "ensebando" lá dentro é conferir se o carro possui o extintor de incêndio, em seguida abra o porta-malas e verifique o estado do assoalho e certifique-se que esteja lá a chave de rodas e o triângulo de sinalização.

Feito este procedimento do interior, acredito que não há nada mais para olhar... Eu sei que já estava se imaginando andando com o carro, mas é preciso seguir mais algumas etapas antes de levar para sua casa o tão querido "fietin". Na terceira parte, iremos dar uma funcionada no motor e verificar os principais problemas através de um ouvido pronto a ouvir o que diz o barulho do 147.
> continua...

2 comentários: